Clube de campo >>

Monumento pela paz

O Clube de Campo da Associação Paulista de Medicina (APM) é sede do Monumento à Paz, projeto originado em 1947, que reúne monumentos em todo o mundo. Denominado Pagoda, é o único na América do Sul, colocando a região entre as 30 em que foram edificados.

A construção do monumento teve início em 27 de dezembro de 2006, realizada por uma comitiva internacional de 40 pessoas e um grupo de voluntários brasileiros que formou um verdadeiro batalhão pela paz.

A obra foi idealizada e supervisionada pelo médico Steve KH Aung, presidente da Canadian Medical Acupuncture Society e da World Natural Medicine Foundation, um importante projeto para integrar povos e nações de todos os continentes a fim de trabalhar pela efetivação e consolidação da paz mundial. Segundo Aung, Pagodas são objetos preciosos. “Este monumento é muito importante. Ele é um ponto de acupuntura na Terra, ajudando a equilibrar o sistema.”

A comitiva incluiu as presenças dos três 'Sayadaw' (monges, senhores veneráveis): Sayadaw U Thila Wunta, Sayadaw U Dana Langara e Sayadaw U Tejaw Bhartha. Sayadaw U Thila Wunta foi responsável por supervisionar o projeto inteiro. Sayadaw U Dana por tomar conta do designer e da construção. U Tejaw por ser comunicar, por ser o único monge que fala inglês.

No ponto mais alto dos seus nove metros de altura foi colocado um cristal. Todos os 30 monumentos espalhados pelo mundo têm este mesmo cristal na ponta. Eles se interligam por este cristal, acreditam os monges, e propagam a paz. O projeto foi uma realização da Associação Médica Brasileira de Acupuntura (AMBA) e da Associação Paulista de Medicina (APM).

O monumento está aberto à visitação.


Clique nas imagens para ampliar





 



Publicidade
© - 2011 - Todos os direitos reservados
Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278, Bela Vista - São Paulo/SP - 01318-901. T (11) 3188-4200 / 4300