Imprensa >>

 Últimas Notícias

24.06.16 - Comitê Civil de Combate à Dengue

Por: Luanna de Souza Nery

ÓRGÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO DISCUTE COM OS GOVERNOS MUNICIPAL E ESTADUAL AÇÕES PERMANENTES PARA ELIMINAR O MOSQUITO AEDES AEGYPTI

Combater o Aedes Aegypti é uma responsabilidade de todos e, para isso, devemos usar nossa principal arma: a prevenção. Nos países tropicais e subtropicais, a dengue representa um dos maiores problemas de saúde pública; além disso, o vetor também é responsável pela transmissão da chikungunya e zika, relacionada a casos de microcefalia. E é por isso que, principalmente em épocas de calor, é importante estarmos atentos a toda e qualquer evidência de reprodução do mosquito, pois as condições do meio ambiente são fatores que favorecem a sua proliferação.

Com este objetivo que, em 2002, foi criado o Comitê Civil de Combate à Dengue, ano em que a cidade de São Paulo registrou uma de suas maiores epidemias. O órgão vem funcionando efetivamente desde então e desempenha papel importante no combate à doença, unindo forças e atuando ao lado de entidades civis. No entanto, apenas em fevereiro de 2015 o Comitê foi oficializado pela Mesa da Câmara Municipal de São Paulo.

A iniciativa partiu do médico e vereador Gilberto Natalini (PV), atualmente coordenador do Comitê, que recebeu apoio de parlamentares e 23 vereadores que compõem o colegiado. Desde então, o órgão vem cumprindo sua principal função: mobilizar a sociedade civil e a Câmara dos vereadores em prol de uma organização que incentive a população a eliminar potenciais criadouros do mosquito em suas residências e na cidade de São Paulo.

"O Comitê é um órgão complementar, pois trabalhamos em conjunto com o poder público nas ações de combate ao Aedes. Cobramos medidas da Prefeitura e do governo estadual, para que cumpram suas atribuições, além de acompanharmos de perto, diariamente, todo o processo da produção de vacinas. Com esse Comitê, queremos que as pessoas se conscientizem e sejam os fiscais dentro de suas próprias casas”, ressalta Natalini.

Nos maiores períodos de epidemia, o órgão municipal realiza reuniões mensais com representantes de diversos setores, que apresentam suas propostas de combate à doença. Recentemente, o Comitê recebeu especialistas do Instituto Butantan para uma palestra sobre as novas medidas que estão sendo usadas para intensificar o combate à dengue, como os inseticidas.

Além de contar com o apoio de escolas e igrejas, que promovem palestras e ajudam a disseminar a mensagem de combate à dengue, o Comitê age principalmente nas ruas, palco de passeatas, como a ocorrida em novembro do ano passado na Praça da Sé, centro da capital. O órgão também participou de recente ação que reuniu tendas para consultas nas regiões da cidade que mais apresentaram casos da doença, assim como distribuiu cerca de 8 milhões de cartilhas educativas.

*Matéria publicada na Edição 678 - Junho/2016 da Revista da APM

Notícias Relacionadas

Vídeos Relacionados

Publicidade
© - 2011 - Todos os direitos reservados
Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278, Bela Vista - São Paulo/SP - 01318-901. T (11) 3188-4200 / 4300