Imprensa >>

 Últimas Notícias

26.10.12 - Pacientes de planos de saúde têm 0800 nacional para orientações e reclamações

Funcionamento do serviço é prorrogado até dezembro, devido à alta procura. Dados embasarão dossiê a ser encaminhado ao Ministério Público
 
Parceria entre a Associação Paulista de Medicina (APM) e a PROTESTE, o telefone 0800 200 4200, de âmbito nacional, dá apoio a quem precisa de orientação sobre direitos em relação aos planos de saúde. O serviço foi prorrogado até 15 de dezembro, devido à alta procura. Em pouco cerca de 40 dias úteis recebeu mais de 600 denúncias. Veja a seguir:
 

Período:  14/08/12 a 23/10/12

Qtde.

            Reclamações

%

179

Demora para agendar consultas

30%

107

Negativa de cobertura

18%

87

Reajuste abusivo

15%

77

Rede credenciada insuficiente

13%

74

Demora para autorizações de exames e internações

13%

23

Descredenciamento

4%

13

Carência do plano

2%

8

Portabilidade

1%

7

Doenças ou lesões pré-existentes

1%

7

Cancelamento de Plano

1%

6

Falta de leito para internação

1%

588

Total

100%


O 0800 recebe reclamações de todo o Brasil, oferecendo esclarecimento e apontando encaminhamentos para a garantia dos direitos dos usuários. O atendimento é realizado por telefone e, em caso de necessidade de retorno, a resposta é dada por e-mail, no prazo de 72 horas.

O serviço de orientação atende das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira, e foi criado em resposta aos principais problemas detectados pela pesquisa Datafolha, encomendada pela APM, sobre o atendimento dos planos de saúde aos pacientes, no estado de São Paulo. As queixas recorrentes no levantamento foram dificuldades para a marcação de consultas e realização de exames e procedimentos de maior custo, falhas importantes no atendimento em pronto-socorro, as consequências do descredenciamento de médicos, hospitais e laboratórios, entre outros pontos.
 

Notícias Relacionadas

Vídeos Relacionados

Publicidade
© - 2011 - Todos os direitos reservados
Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278, Bela Vista - São Paulo/SP - 01318-901. T (11) 3188-4200 / 4300